[:pb]

NOVIDADES CAKE ERP

Confira todas as novidades do sistema de gestão para micro e pequenos lojistas.

M-Commerce: o que significa e como preparar a sua loja

M-Commerce é a venda feita através de dispositivos móveis, como celulares e tablets, que são cada vez mais usados no cotidiano dos consumidores, seja para pesquisas, operações bancárias ou mesmo compras. Um hábito que já era tendência se consolidou ainda mais com a pandemia, fazendo com que pessoas que compravam apenas presencialmente experimentassem suas primeiras aquisições através do m-commerce

Apesar da pandemia ter impulsionado o hábito de compras em m-commerce, o retorno das lojas físicas não significa um retrocesso neste tipo de compra. Ao contrário, os consumidores estão mais propensos a experimentar novidades de m-commerce do que há dois anos atrás.

Pesquisas apontam que o mercado global de e-commerce alcance um crescimento de mais de 55,3% até 2025, com um valor de mais de US$ 8 trilhões, boa parte delas feitas por dispositivos móveis

Para aproveitar, da melhor forma, essa demanda crescente é preciso adequar a sua loja e é sobre isso que vamos falar neste artigo.

 

M-commerce: saiba o que é:

M-commerce, ou mobile commerce, é a venda de serviços ou produtos utilizando dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Essas transações podem ser feitas de três formas: pelo site de lojas virtuais nos navegadores dos aparelhos móveis, por aplicativos específicos das lojas ou pelas redes sociais das empresas.

 

Otimize a experiência do cliente

Qualquer site pode ser acessado por um celular, mas é importante que a sua loja esteja adaptada para a experiência mobile, para otimizar a experiência do cliente ao acessar seus produtos facilitando a conversão em vendas no seu m-commerce.

Um site responsivo e intuitivo, com todas as informações fluindo facilmente vai converter com muito mais facilidade. Além disso, os meios de pagamentos também precisam ser adaptáveis ao mobile.

 

Vale a pena investir em um app para sua loja

Se você quer bombar nas vendas online ter um aplicativo próprio pode ser uma boa ideia, pois os apps de lojas virtuais vem se tornando cada vez mais populares, além de serem uma ferramenta prática. A navegação fluída e as condições exclusivas encantam os clientes que estão sempre de olho nas melhores ofertas online. Afinal, o mundo virtual é um território vasto e com ampla concorrência.

Em datas sazonais, onde a concorrência é ainda maior, estar no celular do cliente, com a possibilidade de mandar ofertas exclusivas por notificação é uma oportunidade diferenciada para driblar a concorrência. Afinal, todo mundo tem o tempo escasso, hoje em dia, e boas oportunidades de compras são uma mão na roda.

 

Redes sociais e M-commerce 

Atualmente as redes sociais são excelentes ferramentas para “pescar” clientes, já que são locais de grande circulação de pessoas das mais variadas faixa etárias e níveis sociais. Sem contar que essas plataformas estão adaptadas para negócios, como é o caso do Instagram Shopping e do marketplace do Facebook.

Tanto nas redes sociais como no próprio site da loja é possível colocar link para o WhatsApp, gerando um atendimento mais personalizado, seja através de inteligência artificial ou atendimento direto. 

O importante é estar presente onde o seu cliente está e conseguir oferecer o que ele deseja, mesmo que não esteja procurando naquele momento.

 

via GIPHY


M-commerce x e-commerce

Os dois conceitos de m-commerce e e-commerce se referem às vendas realizadas no ambiente virtual. A diferença é que o e-commerce abrange todas as transações feitas de forma online, enquanto o m-commerce trata somente das vendas feitas por meio de dispositivos móveis.

Com sistemas de Internet mais rápido e o crescente uso de smartphones pelas pessoas, com destaque para o Brasil, boa parte das plataformas e serviços de e-commerce estão  adaptando os seus sistemas para mobile. As que ainda não fizeram isso estão perdendo negócios promissores. Tanto o e-commerce como o m-commerce estão relacionados e um potencializa o outro. 

Sites de m-commerce otimizados têm interfaces de usuário e checkouts simples. Eles também tendem a usar mais imagens do que texto. As lojas de ecommerce podem ter chats para interagir com o cliente no local, enquanto os sites de comércio eletrônico podem oferecer outras maneiras de comunicação mais compatíveis com dispositivos móveis, como SMS e WhatsApp.

 

Vantagens do m-commerce

Os benefícios de adaptar a sua loja para o m-commerce e oferecer uma boa experiência no mobile são muitos e se você quer crescer e impulsionar seu negócio online, não pode ficar de fora. 

O m-commerce oferece uma praticidade que é extremamente valorizada pelos consumidores atuais que é a facilidade e a proximidade. Afinal, através do celular a pessoa pode acessar rapidamente a sua loja, onde quer que ela esteja, no tempo dela. Seja no intervalo de almoço, no caminho de casa, em uma viagem ou mesmo no conforto do lar, a pessoa pode comprar a qualquer hora, sem precisar estar na frente do computador.

Para um maior alcance de pessoas conectar a loja virtual às redes sociais é uma etapa importante do mobile commerce, pois proporciona maior praticidade para os seus clientes.

Sem dúvida, o m-commerce representa uma oportunidade para as lojas conquistarem novos clientes e ampliarem suas vendas online, pois através dele é possível conectar as pessoas onde elas estão.

 

Conectar novas gerações

Hoje em dia os celulares estão na mão de todas as gerações, mas sabemos que os mais novos são os mais conectados e adeptos para comprar por dispositivos móveis. A geração Z (nascidos entre 1990 e 2010) já está economicamente ativa. Isso é bastante significativo pois é a primeira geração nativa digital e não é novidade que eles adoram celulares e mesmo que muitos ainda não possuam cartões de crédito, eles são formadores de opinião e podem induzir os mais velhos a comprar.

Isso significa que, além da intimidade com dispositivos móveis, são pessoas que cresceram com esse hábito e isso se reflete na sua forma de consumo.Mesmo que muitos ainda não comprem pelo celular, eles pesquisam nele, escolhendo produtos e muitas vezes até postando em suas redes sociais.

 

Bombando no Google

Ter um site adaptado ao mobile, responsivo e com boas posição no buscador do Google, é importante para conquistar novos clientes. Afinal, apenas ter um site não significa que você vai ser encontrado.

Você precisa ter conteúdo e manter seu site atualizado, assim você se torna mais competitivo para alcançar melhores rankings no Google e, consequentemente, atingir novos clientes de maneira orgânica.

 

4 dicas para adaptar o seu sua loja para o m-commerce

Agora que você já sabe o que é m-commerce e entendeu a importância dele para sua loja, aproveite a tendência do m-commerce implementando algumas ações para proporcionar a melhor experiência de compra para seus clientes, aonde quer que eles estejam com seus aparelhos celulares.

 

1. Tenha com um site responsivo

O primeiro passo para adaptar o seu negócio ao m-commerce é ter um site responsivo, ou seja, se adequar aos diferentes tipos e tamanhos de tela, seja no computador, celular ou tablet. 

Além disso, ter um site responsivo é um dos critérios para o ranqueamento nos resultados do Google, facilitando para as pessoas encontrarem sua loja.

Um design responsivo é ajustado às dimensões e mostra boa disposição dos elementos da página, apresentando um layout proporcional e de fácil navegação para o seu cliente, gerando maior conforto na compra.

É como arrumar sua loja física para receber seus clientes, deixando os produtos com fácil visualização. Isso ajuda a aumentar a velocidade de carregamento do site, que é um fator fundamental para proporcionar uma experiência fluida e ágil para o cliente realizar a compra. Conforme um estudo divulgado pelo Google, 53% dos visitantes abandonam um site quando ela demora mais de três segundos para carregar no mobile. Afinal tempo e paciência são duas coisas escassas hoje em dia.

 

2. Pagamento simplificado

Conforme o Panorama Mobile Time/Opinion Box, mais de 30% dos consumidores apontam o pagamento simplificado, por meio de um clique, com um dos dos recursos mais apreciados no sistema m-commerce.

Sendo assim, a compra com um clique é uma funcionalidade muito considerada pelos clientes e bem importante para aplicar na sua loja virtual. 

Para utilizar este sistema, seu cliente só precisa se cadastrar uma vez no site e autorizar que suas informações sejam registradas no seu site. Já a partir da segunda compra, ele pode finalizar o pedido clicando apenas em um botão e isso traz comodidade na vida contemporânea. 

Esse tipo de recurso possibilita um processo de pagamento mais ágil, o que é relevante na navegação de m-commerce, colaborando para o aumento das conversões da sua loja, além de fidelizar seus consumidores.

 

3. Loja e redes sociais integradas 

Celulares e redes sociais têm sido utilizados cada vez mais e estão relacionados com a maioria das compras realizadas, seja por influenciar ou mesmo decidir a compra de 77% dos consumidores, conforme uma pesquisa da PwC Brasil.

Este dado é uma amostra de quanto é importante interligar o m-commerce com redes sociais. Sua loja pode fazer isso divulgando conteúdos interessantes, adaptados com seu público, interagindo e incentivando os clientes a compartilharem seus produtos, por exemplo.

Redes sociais como Facebook, Instagram e Pinterest ainda permitem integrar a loja aos seus perfis nas redes sociais. Deste modo, os consumidores podem visualizar os produtos nessas plataformas e serem redirecionados para o site da sua loja.

 

4. App exclusivo para sua loja

Com um app próprio é possível disponibilizar uma experiência de compra ainda mais otimizada para os consumidores, com funcionalidades diferenciadas, maior agilidade e mais segurança.

Um app também pode ser um ótimo canal de comunicação, possibilitando o envio de mensagens personalizadas para os seus clientes, bem como avisos de promoções e lançamentos.

 

via GIPHY


M-commerce em alta 

Muitos clientes atualmente estão comprando o que precisam através do celular. Pesquisas estimam que neste ano a maioria das vendas de comércio eletrônico, quase 54% , são feitas por meio de um dispositivo móvel.

Com a expectativa de que o número de usuários de telefones celulares cresça para  4,3 bilhões até 2023, o m-commerce deve se popularizar cada vez mais, traçando uma rota vertical. 

As lojas precisam focar em e-commerce preparados para o m-commerce, otimizando sites  para ter a máxima performance em smartphones, configurados para aceitar pagamentos e ter um processo que funcione em qualquer smartphone.

Entre as vantagens do m-commerce podemos destacar: melhor alcance, maior segurança e praticidade

 

Alcance

Os clientes podem visitar os sites de m-commerce de qualquer local, desde que tenham um smartphone e uma conexão com a internet. Adaptadas, as lojas podem enviar conteúdo comercial aos compradores com base em sua localização geográfica ou configurar seus sites para mostrar produtos ou serviços específicos, de acordo com a região onde o cliente está.

 

Segurança

Hoje em dia, a segurança é uma das maiores preocupações para qualquer comprador na Internet, pois os golpes neste tipo de transação estão cada vez mais comuns. Os compradores que usam o m-commerce preferem sites que ofereçam medidas de segurança como identificação de impressão digital, reconhecimento facial e autenticação de dois fatores, proporcionando maior tranquilidade para quem compra, especialmente se os valores forem altos.

 

Praticidade

Sites otimizados para m-commerce são adaptados para serem compatíveis com dispositivos móveis, enquanto os sites de e-commerce convencionais podem ter muitas informações em uma página, travando o sistema de compras. 

Tendências do M-commerce

O m-commerce está cada vez mais importante no universo das compras online, porque os clientes preferem usar seus dispositivos móveis.

Entre as principais tendências deste tipo de transação estão os chatbots com inteligência artificial. Essa solução é uma ótima maneira de otimizar recursos e fornecer atendimento rápido a seus clientes.

Os chatbots podem ser usados ​​para responder às perguntas dos clientes 24 horas por dia, 7 dias por semana, ajudá-los a encontrar determinados produtos, resolver problemas simples e até fazer um pedido no m-commerce

Outra tendência são os pedidos com um clique, que permite que os apps de m-commerce armazenem os dados dos clientes em seus perfis para que eles não precisem reinserir essas informações manualmente. Isso agiliza o processo e pode acelerar suas vendas. 

Outra ótima ideia é usar Aplicativos da Web progressivos, uma tecnologia que permite aos usuários “instalar” um site em seus smartphones e usá-lo como um aplicativo. Os PWAs exigem menos espaço em dispositivos móveis e também oferecem aos usuários benefícios como atualizações instantâneas, notificações push, acesso offline e tempo de carregamento curto. 

Outra tecnologia que é tendência e muitos clientes gostam é as compras por voz, que permitem que os consumidores usem assistentes virtuais como Siri e Alexa para comprar online. Assim, seus clientes podem usar comandos de voz para pesquisar um produto específico, rastrear seus pedidos, adicionar itens a uma lista de compras e fazer transações. 

Gostou deste post e quer saber mais sobre tecnologia e gestão? Então acesse o Cake ERP.

 

Veja mais matérias relacionadas:

Como escolher e-commerce para loja física?

Qual a Importância de um ERP para E-commerce?

SISTEMA DE GESTÃO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

O Cake é o sistema de gestão on-line, com inteligência e melhores práticas de mercado, feito para micro e pequenos lojistas, distribuidores e franquias.

pensegrande@cakeerp.com

(54) 3290.2100

[:]