Não é segredo que a padronização é uma das características indispensáveis para o sucesso de uma rede de lojas. Neste sentido, a escolha de fornecedores para franquia torna-se estratégica.

Esta definição resulta tanto na otimização de investimentos, favorecendo a margem de lucro e a atratividade do negócio para potenciais empreendedores, quanto para a experiência do consumidor com sua marca, impactando em seu valor no mercado.

Para auxiliar na tomada de decisões, elaboramos este guia rápido com os principais pontos de atenção, esclarecimentos e algumas dicas!

A importância da escolha correta de fornecedores para franquia

Escolher fornecedores para franquia não é tão simples quanto para uma única loja. À medida que a rede cresce, mais locais precisarão atender às exigências de padronização da franqueadora, e negligenciar esta informação pode gerar resultados não benéficos para a expansão.

 

Garantia de padronização

fornecedores para franquia

Como um dos fatores de sucesso de redes de franquia, garantir a padronização das lojas, independentemente de onde elas estejam, favorecerá a experiência do cliente – que geralmente busca pela marca já conhecida pela garantia de qualidade atrelada a ela.

Isso também é uma segurança para o franqueado, que buscou o know-how do negócio e a consolidação da marca para um investimento com menor risco de insucesso. Com esta padronização, é mais fácil a identificação dela pelo consumidor, explorando seu potencial e impulsionando o negócio.

Já para o franqueado, esta padronização ajudará a garantir o nível de qualidade estabelecido pela marca, o que auxilia na consolidação da rede e em sua expansão.

 

Redução de custos

Uma outra vantagem na definição dos fornecedores para franquia é o poder de barganha possibilitado pela compra em volume. Como a quantidade será superior á compra de uma unidade (loja) isolada, é possível viabilizar preços mais acessíveis aos franqueados tanto para a montagem quanto para o abastecimento das lojas.

 

Possibilidades para a escolha dos fornecedores

fornecedores para franquia

Com a necessidade de padronização, deixar que seus franqueados escolham os fornecedores pode ser uma péssima escolha. O ideal que os materiais de insumo, produtos e serviços sejam aprovados pela franqueadora. Para isso, existem quatro opções a considerar:

 

Franqueador fornecedor

A primeira delas é quando o próprio franqueador é um dos fornecedores para franquia. Este caso ocorre quando os insumos ou mesmo os produtos finais são proprietários.

Aqui, o franqueador ganha a margem de lucro sobre os itens fornecidos, sendo uma das entradas de valores para o negócio – além dos royalties e demais custos envolvidos na operação, como fundo de publicidade, etc.

 

Fornecedor homologado

Nesta opção, o franqueador seleciona fornecedores terceirizados e homologa a compra dos insumos, produtos e serviços diretamente pelo franqueado junto a eles.

É importante ter mais de uma opção para cada item, evitando que falte algum deles à rede por causa da sazonalidade ou de períodos de grande demanda. Contudo, quando há a opção por um único fornecedor e uma certa previsibilidade de compra, é possível conseguir negociações mais favoráveis para os franqueados devido ao volume.

 

Fornecedor terceirizado sob validação

Na terceira opção, é possível que você apenas indique as especificações dos itens, deixando a cargo do franqueado a escolha do fornecedor. Compete, neste caso, à franqueadora avaliar a qualidade das empresas, produtos e serviços escolhidos.

Este trabalho pode exigir mais tempo de análise e mais pessoas para atender as demandas de validação. Além disso, mesmo diante da aprovação, é possível que a qualidade reportada por imagens e descrições não seja fiel à qualidade esperada pelo franqueador, tornando-se um risco para o negócio.

 

Negócio formatado

fornecedores para franquia

Este é o modelo mais recomendado, porém a implementação dependerá da infraestrutura que você possui. Aqui, o franqueador é o responsável pelo pedido de compras de toda a rede, competindo a distribuição pelo próprio fornecedor.

Além das vantagens já conhecidas, nesta estrutura, franqueados e franqueador tomam decisões conjuntas sobre os fornecedores, podendo todos eles indicar e opinar sobre a escolha final. Com isso, é gerada uma relação de parceria que favorece o envolvimento e engajamento de toda a rede.

 

Quais critérios utilizar para a escolha adequada dos fornecedores da rede

É importante dedicar esforços para acertar na escolha dos fornecedores para franquia. Ter em sua equipe um time olhando para a operação facilitará na busca pelos mais adequados aos desejos e à realidade do negócio. Para isso, eles precisarão avaliar alguns pontos:

 

Reputação do fornecedor

Antes mesmo de avaliar detalhadamente se o fornecedor consegue atender sua rede, é importante verificar a reputação dele. O que os clientes dizem? Há reclamações na web? Quais são as outras empresas que confiam nele?

Isso ajudará a não dispender tempo com uma empresa que pode gerar problemas para a operação do seu negócio e dos empreendedores que confiaram na expertise de sua marca para o sucesso do investimento.

 

Qualidade dos insumos e produtos

Aqui, deve-se avaliar se os insumos e produtos disponíveis atendem ao nível de qualidade esperado pela e para a rede.

 

Preço

5

Não adianta encontrar fornecedores para franquia que tenham todos os critérios de qualidade, mas que não tenha um preço competitivo. Isso pode onerar os investimentos do franqueado e acabar resultando no insucesso dele – e consequentemente da rede.

 

Volume

É preciso também verificar se o fornecedor escolhido consegue atender a necessidade da rede em relação ao volume de compras. Para isso, é importante considerar a média de pedidos que podem ser gerados periodicamente, entendendo se este fornecedor tem capacidade de atendimento para todas as lojas.

 

Abrangência de distribuição

Um outro ponto muito importante é se o fornecedor escolhido consegue entregar os itens com facilidade e agilidade em todos os locais que sua rede possui uma franquia. O recomendado é evitar a escolha de empresas que atendem apenas parcialmente, evitando discrepância nas entregas e impactando negativamente a experiência do cliente.

 

Valor do frete

Esta é uma das grandes dores na compra de produtos e insumos. Muitas vezes, o valor do frete acaba sendo alto, dificultando a compra dos itens e inviabilizando a aquisição pelos franqueados.

 

Prazo de entrega

6

Também é importante verificar o prazo de entrega, para que toda a rede se programe com os pedidos evitando que faltem insumos para a operação.

Aqui, vale reforçar que, ao tentar negociar melhores valores e meios de entrega dos itens aos franqueados, este item seja revisitado. Afinal, de nada adianta reduzir o custo total se os produtos não conseguem chegar em um tempo médio viável para não exigir estoque muito alto ou suprir uma demanda acima da esperada.

 

Atendimento e Pós-vendas

Avaliar como é o atendimento e o pós-vendas do fornecedores para franquia evitará desconforto entre franqueadora e franqueados. Afinal, se você determina quem é o fornecedor, levará consigo a responsabilidade sobre as frustrações de sua rede ­– e até mesmo dos clientes das lojas.

 

Fornecedor extra

Tenha sempre um segundo fornecedor homologado para situações de emergência. Uma carta na manga para falhas ou insatisfações. Melhor prevenir que remediar!

Para que todo este processo funcione bem, é importante ter as informações de sua rede unificadas. Neste sentido, contar com um software ERP para franquias é uma excelente escolha.

Com ele, você conseguirá mensurar o volume de compras necessário, a periodicidade de pedidos, os valores pagos e outros dados que auxiliarão na definição inteligente dos melhores fornecedores para franquia!

Também recomendamos para você!

[gs-fb-comments]