Se você possui uma loja virtual, em algum momento você provavelmente questionou como fazer a precificação de produtos no e-commerce. Essa é uma atividade complexa e, por isso, exige atenção especial.

Em uma pesquisa on-line você encontrará uma ampla gama de estratégias de preços que podem ser utilizadas. No entanto, além de entendê-las, é importante que você desenvolva a sua própria, considerando as especificidades de sua empresa, seu plano de negócios, seu público-alvo, etc.

A seguir, apresentamos uma série de estratégias de precificação de produtos no e-commerce que irão ajudá-lo na elaboração de uma que seja adequada para seu negócio. Confira!

Precificação de produtos no e-commerce: preço dependendo do valor

precificação de produtos no e-commerce

Uma máxima do mercado varejista diz que um produto vale aquilo que o cliente está disposto a pagar. Essa é a lógica seguida em uma estratégia de preços baseada no valor. Em outras palavras, o preço do produto depende do valor que o cliente percebe nele.

Se sua empresa oferece produtos exclusivos, customizados ou com grande valor agregado, essa, certamente, é uma das melhores estratégias para precificação de produtos no e-commerce.

Isso porque, a princípio, os preços baixos não atraem a atenção de certos clientes, que acham que, se o produto for muito barato, sua qualidade deve ser menor.

É como relógios Rolex: Existem diversos produtos similares, tanto em função quanto em design, mas as pessoas os compram por status social, sem se importar muito com o preço.

Portanto, ao definir seus preços, você precisa analisar o perfil de seus clientes:

  • Quem são?
  • O que esperam da sua loja?
  • O que os motiva a comprar seus produtos?

Como você pode perceber, neste caso, o cliente é o centro de sua estratégia. No entanto, essa abordagem funciona melhor em empreendimentos voltados a artigos de luxo e produtos exclusivos.

social commerce

Preço dependendo do mercado

Essa é uma estratégia muito clara e, como o nome sugere, a precificação dos produtos no e-commerce irá variar de acordo com o mercado.

Por exemplo, você pode fazer uma pesquisa detalhada dos preços que a concorrência está praticando e adotar valores similares para seus produtos.

Vale lembrar que, neste caso, sua lucratividade irá depender basicamente da sua eficiência para controle e redução dos custos. Portanto, antes de adotar essa estratégia de precificação, tenha certeza que ela é viável e que não irá prejudicar a continuidade do seu negócio.

Aqui, antes de mais nada, você precisa:

1) Saber quais são seus concorrentes;

2) Saber como a sua empresa se coloca em relação a eles, em termos de estrutura, capacidade financeira, etc.

Depois de comparar seus preços com os do mercado, você saberá se eles estão muito altos ou muito baixos. Se estiverem muito altos, você pode baixá-los para atrair mais clientes. Se estiverem baixos, você pode aumentá-los um pouco e melhorar seu lucro.

Ferramentas de rastreamento de preços são muito úteis nesse contexto. Além de ajudá-lo a monitorar os valores, elas permitem que você saiba quando um produto esgota em seus concorrentes. Esse é um momento propício para que você faça uma campanha de vendas agressiva.

Mesmo que você adote outra forma de precificação de produtos no e-commerce, é recomendável que você dê uma olhada em seus concorrentes antes de fazer qualquer outra coisa. Uma vez que você sabe para onde sua competição está indo, você terá uma perspectiva melhor, que permitirá que você defina seus preços de forma muito mais eficaz.

Outra coisa que você pode fazer, se você acabou de montar sua loja virtual e está entrando no mercado, é colocar seus preços muito mais baixos do que os da concorrência, como forma de entrar rapidamente em um novo mercado.

No entanto, essa estratégia requer um fluxo de caixa equilibrado e uma boa capacidade financeira para trabalhar com margens de lucro baixas.

Preço baseado no custo

Essa terceira estratégia é a mais fácil de implementar e, também, uma das mais utilizadas. Aqui, você faz a precificação de produtos no e-commerce simplesmente levando em conta os custos e sua margem de lucro.

Comece calculando todos os custos envolvidos no produto, incluindo, mas não se limitando a:

  • Custo de fabricação ou de compra dos produtos;
  • Embalagem;
  • Frete, se aplicável;
  • Marketing;
  • Pessoal;
  • Custos para manter a loja online;
  • Armazenamento, etc.

Então, considere sua margem de lucro. Esse talvez seja o grande desafio para a precificação de produtos no e-commerce com base nessa estratégia, visto que nem sempre é fácil saber que margem você precisa ganhar.

Nesse sentido, é muito importante contar com uma solução ERP que forneça relatórios consolidados para que você consiga definir sua margem de lucro com base em dados precisos e atualizados. Da mesma forma, essa solução também é útil para que você consiga levantar os custos dos produtos de forma rápida e precisa.

Sugestões finais para a precificação de produtos no e-commerce

Além das estratégias citadas anteriormente, existem alguns macetes muito utilizados na hora de fazer a precificação de produtos no e-commerce que ajudam a sua empresa a vender mais.

O professor emérito de Psicologia e Marketing na Universidade do Estado do Arizona, Robert Cialdini, explica em seu livro intitulado “As armas da persuasão” por que as lojas colocam os preços em $ 59,99 em vez de $ 60,00, por exemplo.

A razão é puramente psicológica, já que na mente do cliente parece que está havendo uma economia. Segundo ele, é instintivo que os consumidores, na hora de avaliar o preço, se concentre especificamente no primeiro dígito. Dessa forma, é necessário grande atenção para perceber que 59,99 não é tão mais barato quanto parece à primeira vista.

Essa pequena mudança na hora da precificação de produtos no e-commerce pode ser fundamental para concretizar uma venda.

Outra recomendação é que você conheça as margens de lucro de cada item que você comercializa. Um bom sistema ERP pode ajudá-lo com isso. Se você vender seus produtos com uma margem muito baixa, no final você acabará tendo perdas mesmo se conseguir muitas vendas.

Por isso, tente evitar uma guerra de preços que seja muito longa. Se você mantiver seus valores muito baixos por um longo tempo, quando você quiser aumentá-los, acabará assustando seus clientes.

E, finalmente, dedique tempo para conhecer o perfil de seu cliente. A melhor forma de aumentar suas vendas é oferecer exatamente o que o seu público-alvo procura. Pode ser que seja produtos exclusivos, preço mais baixo, frete grátis, descontos, etc. Logo, esses são fatores essenciais que irão guiá-lo para definir a estratégia de precificação de produtos no e-commerce que funcione para você.

No final, a precificação é bastante simples se você souber o que está fazendo. Escolha uma estratégia, dê alguns toques ao seu gosto e siga-a. Vá em frente com as vendas!

Também recomendamos para você!

social commerce

[gs-fb-comments]