O planejamento de compras é extremamente importante para varejistas de todos os portes, setores e canais – físicos ou virtuais. Se realizado de maneira correta, pode representar economia significativa e aumento de lucro.

Porém, se errar nisso, o varejista corre o risco de obter resultados exatamente contrários: gastos desnecessários, elevados, e, consequentemente, queda nos lucros.

Qual a importância do planejamento de compras?

O planejamento de compras é um processo que deve ser contínuo nas empresas e que tem por objetivo principal fazer com que a organização alcance os objetivos desejados e que estes possam ser executados de forma eficiente, utilizando o mínimo de recursos.

Consiste em análise critica dos cenários futuros e na projeção de estratégias e planos da organização.

O que os empresários de todos os portes precisam ter em mente é que a execução do planejamento de compras eficiente auxilia na definição das ações a serem tomadas para promover o crescimento da empresa.

Este processo permite uma visão ampla da área e não é algo só para grandes organizações.

O planejamento de compras de um varejista tem impacto direto na sua saúde econômico-financeira, uma vez que envolve a movimentação de recursos financeiros.

Além de ser uma atividade essencial para suprir a organização com todos os insumos que esta necessita para a realização de suas atividades comerciais.

A seguir, confira os principais erros dos planejamentos de compras:

1. Processos ineficientes

O equilíbrio entre um processo fácil e estratégico deve fazer parte dos objetivos de todo planejamento de compras.

A automação é um recurso que oferece praticidade e inovação.

Com processos burocráticos e manuais aumenta-se a chance de erro e as chances de atingir os resultados diminui.

É comum que a falta de eficiência acabe tomando o tempo da equipe de compras, que não pode se voltar para ações estratégicas e que podem trazer lucro para a sua empresa.

2. Errar nas quantidades dos produtos

Estes são dados essenciais para o planejamento de compras que garantem a eficiência das operações.

Comprar produtos que encalham nas prateleiras significa prejuízo, ou ainda, não atender ao anseio de clientes por determinada mercadoria pode leva-los à concorrência. Fique atento!

3. Ausência de controle do estoque

Neste ponto, é fundamental contar com a tecnologia, já que manter os dados atualizados evita prejuízos, como a perda de lotes de mercadoria, por exemplo.

O mesmo vale neste item para a necessidade de automação, já que os processos manuais são muito sujeitos a falhas, o que significa prejuízo.

4. Não definir indicadores de desempenho claros para o planejamento de compras

Os indicadores de desempenho, chamados no mercado de KPI’s, determinam as metas em linha com os objetivos estratégicos da empresa.

Definir claramente objetivos e metas é crucial para o sucesso dos negócios.

5. Ausência do plano anual de compras para balizar sua estratégia

O objetivo do planejamento de compras é antecipar a alocação dos recursos e execução de ação.

Com ele é possível ter uma visão abrangente, considerando aspectos sazonais, entre outras variáveis do mercado varejista.

6. Não realizar a previsão de vendas futuras

Se fundamentada em análises de dados, com ferramentas tecnológicas, aumentam-se as chances de acerto. Previsões baseadas em impressões de mercado costumam não ser assertivas e ainda podem trazer prejuízo para os negócios.

7. Ignorar a capacidade da tecnologia de promover resultados positivos

A automação do planejamento de compras possibilita realizar atividades operacionais de maneira inteligente e ágil, permitindo aos gestores foco em ações estratégicas e eficiência financeira.

Planejamento de compras erros

Conclusão

Estes são os principais erros cometidos na realização do planejamento de compras. Com eles, fica claro que:

  • Destinar tempo e recursos e planejar é muito melhor do que correr atrás das perdas geradas pela falta de preparo, estratégia e de um plano bem estruturado;
  • Evitar tais enganos e suas indesejáveis consequências passa por três coisas fundamentais: conhecimento de negócio, dedicação à gestão e investimento em tecnologia adequada para gerenciamento das compras (e, é claro, de toda a empresa).

A verdade é que estes dois pontos são a chave para evitar a maioria das falhas e danos trazidos por erros no planejamento do departamento de compras, e oferecem eficiência para os processos desta área, o que se traduz em lucro.

É na realização do planejamento de compras que a empresa garante a continuidade da oferta dos produtos que disponibiliza no mercado e, desta forma, constrói relações sólidas e duradoras com seus clientes.

Por isso, trata-se de uma questão essencial para o seu negócio.

Ao utilizar uma ferramenta que irá lhe auxiliar no processo de planejamento de compras, um sistema de gestão (também chamado de ERP), é possível otimizar os processos e obter maior eficiência em compras.

Se sua organização ainda não possui um sistema de gestão que permite realizar um planejamento de compras eficiente, conheça o Cake ERP!

Também recomendamos para você!

[gs-fb-comments]