Nos últimos anos, muitas empresas do varejo têm trabalhado para incorporar o digital em suas estratégias de negócio.

Isso deve-se, em grande parte, à mudança de hábito dos consumidores, que estão cada vez mais conectados e realizando compras online,seja em sites ou em marketplaces de redes sociais.

Prova disso são os sucessivos anos de crescimento do e-commerce no Brasil. Em 2020, o faturamento do setor foi 73,88% maior que o do ano anterior, segundo dados  do índice MCC-ENET, fruto da parceria entre o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net) e o Neotrust.

No entanto, é importante ressaltar que esse crescimento tão expressivo foi impulsionado pela pandemia e pelas medidas de restrição adotadas por muitos estados brasileiros. Apesar disso, em 2019, quando não havia qualquer restrição, o setor registrou crescimento acumulado de 40,93%, também segundo o índice MCC-ENET.

Apesar dos números positivos, o comércio eletrônico ainda enfrenta muitos desafios, sendo a logística um dos maiores.

De fato, as empresas do varejo ainda buscam meios que permitam levar o produto adquirido no comércio eletrônico até o cliente, de forma rápida, sem que isso eleve o custo. Nesse sentido, os lockers surgem como uma excelente alternativa.

Quer saber mais sobre essa tendência? Então, continue a leitura!

O que são os lockers?

Em um contexto de varejo, os lockers funcionam como um meio de armazenamento usado para facilitar a transferência de pedidos de compra online ao consumidor.

Eles podem, em muitos casos, substituir o modelo de entrega tradicional. Além disso, à medida que as fronteiras que separam os espaços de varejo digital e físico continuam a se fundir, o uso de lockers pode simplificar e aumentar as opções de retirada na loja.

Em termos práticos, os lockers representam um espaço onde as empresas do varejo podem disponibilizar os produtos para retirada do consumidor. Entenda a seguir como eles funcionam.

Como os lockers são utilizados no varejo?

Os lockers são armários, protegidos por senha, que podem ser disponibilizados tanto nas dependências de uma loja, como em espaços como shoppings, estações de metrô, rodoviárias, lojas de conveniência, etc.

A utilização desse serviço é muito simples: quando um cliente realiza uma compra online, ele pode escolher os lockers como método de entrega. Em seguida, ele pode escolher a localidade onde deseja que o produto seja disponibilizado para retirada, caso haja mais de uma.

Em muitos casos, o cliente pode escolher quando deseja retirar a compra. Assim, na data solicitada, ou dentro do prazo oferecido, a empresa deve disponibilizar o produto em um dos armários, os quais são numerados, e informar ao cliente que o produto está pronto para ser coletado.

Cada compartimento do armário é protegido por senha, que deve ser informada ao cliente. Geralmente, ao informar que o produto se encontra em um dos lockers, já é informado também a senha que deve ser utilizada para abri-lo.

Feito isso, basta que o cliente se dirija até a localidade do locker, dentro do prazo estipulado, e retire a sua compra.

Quais as vantagens do uso de lockers?

Os lockers são uma maneira conveniente para os consumidores retirarem suas compras online, sem a necessidade de esperar em filas de atendimento ao cliente.

Também é uma forma econômica para as empresas do varejo disponibilizarem os produtos aos consumidores, sem precisar contratar transportadoras para irem até a localidade de cada um deles.

Conheça os principais benefícios dessa estratégia mais detalhadamente:

  1. Redução de custo de frete

O valor do frete, sem dúvidas, é um dos principais desafios enfrentados no varejo digital.

Segundo uma pesquisa global da Moosend, em 2020, cerca de 60% dos abandonos de carrinhos em lojas virtuais foram motivados pelos altos valores do frete.

De fato, torna-se inviável para as empresas custearem o valor da entrega em domicílio. Por isso, muitas têm preferido transformar lojas em centros de distribuição, para que o cliente possa se dirigir ao local e fazer a retirada gratuitamente.

Os lockers, nesse sentido, representam uma opção a mais, que permite aos varejistas não só oferecer a opção de retirada em sua loja, mas também em outros pontos da cidade.

Dessa forma, é possível reduzir ou até mesmo eliminar o custo de frete que é repassado ao cliente, o que ajuda a impulsionar as vendas no e-commerce.

  1. Melhor experiência de compra

O modelo de compra online e retirada na loja tem ganhado cada vez mais espaço no e-commerce.

Porém, esse modelo também encontra desafios na hora de oferecer uma experiência perfeita aos clientes. Um deles são os gargalos que podem ocorrer na hora da retirada do produto.

Muitas empresas têm criado um departamento específico para a retirada de produtos comprados pela internet.

No entanto, pode acontecer dos clientes terem que enfrentar filas no momento da retirada, principalmente em horários de maior movimento, como horário de almoço e após o encerramento do horário comercial.

Isso acaba criando uma experiência negativa, visto que, se o cliente realizou a compra pela internet, a comodidade e agilidade são atributos que ele tende a valorizar.

Nesse sentido, os lockers representam uma saída inteligente e prática, visto que oferecem ao cliente uma opção de retirada autônoma, rápida e sem filas.  

  1. Oportunidade de parceria e de novas vendas

Os lockers permitem que as empresas possam explorar diversas estratégias de marketing.

Elas podem, por exemplo, fechar parcerias estratégicas com empresas que vendem produtos complementares para ter maior cobertura geográfica.

Ou seja, se uma empresa possui uma loja física no centro da cidade, ela pode fechar parcerias com empresas localizadas nos bairros, para instalar seus lockers.

Em contrapartida, ela também pode disponibilizar seus lockers para uso das parceiras, na sua loja própria ou na loja da parceira.

Além disso, a instalação dos lockers na loja própria pode ser uma boa alternativa para impulsionar as vendas.

Uma vez que o cliente está no seu ambiente físico, é mais fácil criar estímulos, como ofertas especiais, para que ele realize novas compras.

  1. Redução dos custos de devolução

A logística reversa também é um dos grandes desafios do varejo, porque, em muitos casos, representa apenas uma despesa, sem uma receita atrelada.

Ou seja, a empresa tem um custo adicional para recolher o produto já entregue e, no caso de troca, mais custos para reenviar um novo produto.

Para tornar esse processo menos oneroso, as empresas do varejo também podem utilizar os lockers para essa finalidade.

Assim, o próprio cliente realiza a devolução dos produtos em um dos pontos indicados, eliminando a coleta em domicílio.

  1. Agilidade na entrega

Os prazos de entrega elevados também são grandes inimigos do comércio eletrônico. Utilizando lockers, alinhado à estratégia de utilizar as lojas como centro de distribuição, as empresas do varejo podem oferecer opções de entrega muito mais rápidas.

  1. Redução de roubos, extravios e retornos

Atualmente, as empresas do varejo precisam lidar com situações complexas, como roubo de carga, danificação de produto durante o transporte, extravios de mercadoria e retornos quando não é possível encontrar o endereço ou quando não há ninguém para receber a entrega.

O uso de lockers contribui para a redução de todas essas ocorrências. Mas, para isso, eles devem ser instalados em lugares seguros, de preferência onde há monitoramento por câmeras e equipe de segurança ou proteção patrimonial. 

Quais os tipos de Lockers existentes?

De maneira geral, é possível distinguir os lockers em dois tipos: os convencionais e os inteligentes.

A diferença entre os dois é que, os inteligentes, conhecidos como smart lockers, podem ser integrados a sistemas de gestão, automatizando uma série de processos.

Um smart locker é uma solução de armazenamento que integra tecnologia que automatiza a notificação de pacotes, bem como a distribuição. 

Utilizando essa solução, quando um pacote entra é disponibilizado no armário, é possível informar o número do pedido de venda. 

Assim, o sistema notifica automaticamente o destinatário de que o pacote está pronto para ser retirado e fornece instruções de acesso para ele.

Geralmente, nas instruções de acesso consta uma senha, gerada aleatoriamente, ou código de barras que pode ser lido. Quando o cliente chega ao local do locker, ele pode abri-lo digitando suas informações de verificação corretamente e, em seguida, coletar seus produtos.

Quando isso acontece, o sistema emite uma notificação ao software de gestão, informando que a retirada foi feita. Assim, a operação pode ser concluída.

Os lockers inteligentes também podem ser programados para emitir alertas aos clientes, informando do prazo que ele possui para efetuar a retirada do produto.

Já os armários convencionais, não possuem essa integração sistêmica e dependem de processos manuais para concluir a operação de entrega. 

Conclusão

Os consumidores mais exigentes de hoje buscam cada vez mais soluções que integram o mundo digital e o físico. Ou seja, uma experiência omnichannel, que já se tornou um termo onipresente no varejo.

Nesse sentido, os lockers representam uma ferramenta eficaz para gerenciar as entregas realizadas em lojas físicas, reduzindo o custo, o prazo de entrega e oferecendo uma melhor experiência ao cliente.

Além disso, vale ressaltar que essa solução exige pouca manutenção, mão de obra reduzida e é fácil de usar e de implementar, seja nas próprias dependências ou de terceiros.

No entanto, é importante ter em mente que os lockers podem não ser a resposta para todos os varejistas. Por exemplo, se você comercializa mercadorias superdimensionadas, como móveis, uma vez que precisaria de grandes espaços para disponibilizar os produtos.

Também é importante ressaltar que, para obter bons resultados com uma estratégia de lockers, é fundamental que você tenha controle de seus pedidos de venda, bem como uma boa gestão de estoque.

Contar com integração do estoque das lojas online e das lojas físicas também é fundamental, pois, somente assim, você consegue oferecer prazos reais de quando os produtos poderão estar disponíveis nos lockers.

Ou seja, você precisa ter informações precisas e atualizadas de sua disponibilidade de produtos, bem como saber onde eles estão localizados.

Para isso, a utilização de um sistema de gestão, que ofereça visibilidade total do seu estoque é fundamental.Nesse sentido, você pode contar com o Cake ERP, uma solução completa e que oferece planos sob medida para suas necessidades de negócio. Clique aqui e saiba mais!

[gs-fb-comments]