Como usar as redes sociais a favor da minha loja?

Como usar as redes sociais a favor da minha loja?

As redes sociais ganharam grande força como meio de divulgação das marcas e, atualmente, qualquer varejo deve aproveitar o ambiente virtual para favorecer a ampliação da sua fatia no mercado. Separamos três vantagens competitivas do uso das redes sociais para impulsionar o seu negócio: 1. Crie relacionamentos As redes sociais são um campo de interação rápida, onde loja poderá estabelecer relacionamentos com os clientes já fidelizados e atrair os em potencial. Um dos pontos-chave para garantir um bom desempenho nas mídias sociais é oferecer um conteúdo relevante que o público possa se identificar, criando no futuro a necessidade de compra. Você deve desenvolver sua comunicação de acordo com o seu público e produto. As interações estabelecidas podem aumentar de modo consistente a satisfação das pessoas em relação à sua marca. Por isso, as respostas devem ser dadas rapidamente sempre que houver o contato do público por esses canais. 2. Melhore seus produtos É comum que as pessoas comentem nas redes sociais (assim como em blogs e sites especializados) se estão satisfeitas com os produtos e as marcas que consomem. Por isso é importante estar sempre atento. Assim, caso haja algum transtorno com em uma remessa de produtos, por exemplo, você poderá consertar o inconveniente de forma mais ágil, antes que o problema vire uma bola de neve e arranhe a reputação da sua marca. 3. Analise a concorrência Independentemente de você estar atuando de maneira eficiente nas redes sociais ou não, uma coisa é certa: a maioria dos seus concorrentes está lá se relacionando com o mesmo público-alvo e divulgando os seus produtos. Essa é a sua chance de...
O que acontece se você não gerencia o estoque?

O que acontece se você não gerencia o estoque?

O monitoramento adequado das entradas e saídas dos produtos que estão no seu estoque é de extrema importância, além da avaliação do giro das mercadorias, oferece informações importantíssimas para um planejamento estratégico e aumento da competitividade no mercado. Caso você não possua uma ferramenta para gerenciar seu estoque, você pode acabar sofrendo alguns danos, como os que destacamos abaixo: 1) Comprar itens desnecessários O controle de itens no estoque vai determinar, sobretudo, a quantidade e o momento das compras a serem feitas pelo empreendedor junto aos fornecedores. O desconhecimento de quantos produtos existem no estoque pode levá-lo a adquirir mais produtos sem a real demanda, deixando alguns desses itens encalhados no estoque. E estoque parado é dinheiro perdido, certo? 2) Perder mercadorias ou vendas Sem um gerenciamento você sempre terá dúvida entre comprar produtos para garantir a venda ou não comprar para evitar custos. Algumas mercadorias, especialmente aquelas que são perecíveis, poderão ultrapassar o prazo de validade ou mesmo sair de comercialização. Se você comprar muito menos do que certos períodos demandam, poderá perder oportunidades de venda. Um dos grandes desafios do empreendedor é levantar um estoque que se mantenha compatível com as vendas do negócio.   3) Sofrer furtos e desvios Sem o controle de entradas e saídas, nada vai garantir que você esteja protegido de furtos. 4) Não conseguir identificar problemas   Como ter um panorama dos erros e problemas se não possui uma documentação do seu estoque? Não tem como, não haverá como saber se existem erros de contagem ou digitação nas entradas dos produtos. Nem se há fraudes ou extravios de artigos, se as movimentações que geram...
Estoque: 7 dicas para manter o seu em dia

Estoque: 7 dicas para manter o seu em dia

A má gestão de estoque, independentemente do tamanho da sua empresa, é um problema que pode levar você à falência. Para os pequenos empreendedores, a dificuldade é ainda maior, já que muitas vezes não se tem a mão-de-obra suficiente para ajudá-los nesse trabalho. Uma coisa é fato: um estoque bem organizado é uma das formas de manter clientes fiéis, pois, assim, é possível cumprir prazos de entrega, não ficar sem produtos, entre outros fatores. Para manter o seu estoque sempre dia, siga as dicas que preparamos para você:   1) Controle e registre entradas e saídas É importante saber quantos produtos tem em casa e mensurar como anda a busca por cada um deles. Isso evita que você perca a venda por falta de estoque ou adquira muitos itens que não têm saída.   2) Atenção para produtos perecíveis Itens com prazo de validade merecem uma atenção a mais. Tome cuidado para não abarrotar seu estoque com esses produtos sem ter certeza que a saída deles é boa. Compre apenas o que sabe que vai vender no prazo de tempo estipulado para não perder dinheiro e nem levar multas com produtos vencidos.   3) Mantenha a organização física do seu estoque Para garantir que a mercadoria que você deseja seja facilmente encontrada no seu estoque, mantenha locais específicos para cada produto e identifique-os. Além de facilitar na hora da separação, inibe furtos e facilita quando for realizar inventários.   4) Calcule a previsão da demanda Com o controle de entrada e saídas de seu estoque, faça uma estimativa de demanda de cada produto. Assim não corre o risco de...
Troca de mercadorias no varejo: como funciona?

Troca de mercadorias no varejo: como funciona?

As regras sobre a troca de mercadorias no varejo ainda são muito confusas para os lojistas. Alguns não tem certeza se precisam efetuar a troca da mercadoria quando ela não serviu no cliente. Outros não sabem exatamente o que fazer quando o consumidor diz ter mudado de ideia (e quer trocar o produto por outro) ou encontrou um defeito de fabricação. Pensando em facilitar o seu dia a dia, escrevemos esse post com o objetivo de tirar as principais dúvidas sobre trocas de mercadorias.   Quando sou obrigado a trocar a mercadoria? De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, as trocas são obrigatórias aos lojistas quando ocorre caso de defeito do produto. Nesse caso o próprio lojista é quem deve proceder com a troca por outro produto ou devolver o dinheiro. O prazo para solucionar o problema é de 30 dias da data da reclamação, porém o consumidor tem o prazo de até 90 dias da compra para reclamar.   Posso efetuar a troca de mercadoria mesmo sem defeito? Alguns lojistas optam por aceitar trocas sem defeitos por gentileza e para manter a fidelidade de seus clientes. Porém eles podem determinar prazo como preferirem. Não esqueça: as informações precisam sempre estar bem claras para os seus clientes.   Como funciona o arrependimento de compra? Quando a compra é feita fora do estabelecimento, como pela Internet, telefone e reembolso postal, pode haver o chamado arrependimento de compra. Dessa forma, o consumidor tem o prazo de 7 dias a contar da data da assinatura do contratado ou ato do recebimento do produto para exercer o direito do arrependimento e...
Como descomplicar a gestão de rede de lojas

Como descomplicar a gestão de rede de lojas

Para o empreendedor que está expandindo os negócios, manter o controle sobre todas as unidades da sua rede é um grande desafio. É preciso estabelecer regras, manter o padrão da marca e trabalhar para que elas tenham um bom desempenho em atendimento, vendas e relacionamento com os clientes. Para ajudar você nesse desafio, listamos algumas dicas de como tornar a gestão da sua rede de lojas mais assertiva e descomplicada:   Mantenha-se organizado Fator primordial para qualquer empreendedor se dar bem é a organização. Você lida diariamente com muitos assuntos e pessoas? Então é importante manter-se organizado em suas tarefas para conseguir dar conta de tudo. A nossa dica é utilizar alguma ferramenta como o Trello (gratuita) para ajudá-lo na organização do seu dia.   Mantenha-se em contato com as lojas Para que você consiga gerenciar toda uma rede, é importante que tenha alguém de confiança em cada unidade. Além disso, que você mantenha sempre uma relação estreita com esse profissional. Dessa forma você estará a par do que acontece em cada unidade podendo interferir sempre que for necessário.   Dê apoio às unidades Complementando o item anterior, procure sempre apoiar os gerentes das unidades, seja com a sua expertise de mercado (para corrigir problemas) ou mesmo para ouvir quem está diariamente em contato com o seu público final. Isso é muito importante para as equipes de venda e para você que gerencia toda a rede, pois, assim, é possível entender melhor como o público se comporta e auxiliar nas estratégias desenvolvidas para o todo.   Planeje todas as ações Para um bom andamento da sua rede, suas ações devem ser...
6 formas de acompanhar o desempenho dos vendedores

6 formas de acompanhar o desempenho dos vendedores

Controlar o desempenho dos vendedores é essencial na hora de reparar as deficiências, avançar nas vendas e até evitar confusões na repartição de comissão. Além disso, quando você sabe quem está vendendo mais e quem está desmotivado, pode tomar medidas para que suas vendas deem mais resultado. O grande problema é que conseguir monitorar sua equipe de vendedores sem parecer invasivo é justamente um dos maiores desafios do gestor em vendas! Por isso, vamos te mostrar 6 dicas práticas de como controlar sutilmente o desempenho dos seus vendedores para potencializar seu negócio. Confira:   1) Comece observando Essa é a hora que você vai ver seu funcionário em ação. Nada mais antigo, mas também nada mais fácil de se fazer. É apenas o primeiro passo. Olhar como eles se comportam vai te dar uma ideia de quem está motivado ou não. Discretamente, observe se seus funcionários realmente se empenham em suas vendas ou se passam muito tempo dispersos com outras coisas. Pode ser que o comportamento deles traga algumas respostas.   2) Invista em um sistema de gestão Estatísticas não mentem, por isso, a melhor forma de monitorar as vendas de cada um dos seus funcionários é registrando-as. Com o auxílio de um bom software de gestão empresarial, basta atrelar cada venda feita ao vendedor correspondente para ter material suficiente para avaliá-los. Até mesmo a comissão dos vendedores poderá ser calculada de forma automática. 3) Aproxime-se da equipe Pressionar seus funcionários para que não usem seu tempo indevidamente não é a única razão para estar constantemente presente na empresa. Mostrar que eles podem contar com o seu conselho sempre...