Abrir meu negócio sem largar o emprego: é possível?

Abrir meu negócio sem largar o emprego: é possível?

“É possível abrir meu negócio sem largar meu emprego de carteira assinada?”

Essa é uma dúvida muito frequente entre as pessoas que querem iniciar seu negócio. A incerteza de se a empreitada realmente dará certo e será uma fonte de renda segura para se manter adiam o sonho de muita gente. No entanto, na maioria das vezes o espírito empreendedor já vive dentro delas, mas o medo pode fazer com que nunca coloquem seus planos em prática.

Uma alternativa que muitos não pensam é montar seu negócio sem ter que necessariamente pedir demissão do seu emprego atual. Para ajudar você a tirar suas ideias do papel, separamos dicas para iniciar o seu negócio e continuar trabalhando na empresa atual até que consiga tornar mais sólida sua empreitada.

 

1) Você quer mesmo empreender?

Você está preparado para se dedicar as atividades da sua empresa e do local em que está empregado?

Para que isso funcione, você deve estar ciente que sua vida pessoal sofrerá mudanças, pois seu tempo será basicamente dedicado ao trabalho. Não adianta se comprometer com esse desafio se sua mente não estiver focada nisso.

Para ajudá-lo, coloque todas as suas atividades e compromissos da sua agenda em um papel. Assim, verá se existe algo mais importante que a sua vontade de empreender. Caso exista, significa que ainda não é o momento para você começar a sua empresa.

 

2) Tenha domínio sobre o funcionamento de uma empresa

Você deve se preparar para gerenciar o seu negócio. Antes de colocar a mão na massa, aprenda sobre finanças, gestão de negócios, pessoas, marketing, etc.

Você pode adquirir esses conhecimentos em livros, cursos on-line e de curta duração. A internet está cheia de conteúdo gratuito, basta buscar nas fontes certas, como Sebrae, Endeavor e aqui no nosso blog também.

Saber gerenciar seu negócio pode ser a chave para o seu sucesso.

 

3) Conheça o mercado

Antes de tudo, certifique-se que existe mercado para o seu negócio. Pesquise empresas na área, seus futuros fornecedores e consumidores, associações, etc.

Obtenha o máximo de informações que conseguir sobre o segmento que você quer entrar para não perceber que o negócio não é viável (ou rentável) tarde demais.

 

4) Busque um diferencial para seu negócio

Outro fator importante e, que irá exigir muita pesquisa, é encontrar o seu diferencial diante da concorrência. O que você faz de melhor? O que só o seu produto ou serviço oferece? Apenas empresas com vantagem competitiva tem vida longa garantida em mercados concorridos.

 

5) Tire proveito da tecnologia

Hoje já existem muitas ferramentas que podem auxiliá-lo na hora de gerenciar seu negócio, como sistemas de gestãoaplicativos para organizar seu tempo, armazenar arquivos na nuvem, dentre tantas outras facilidades. Utilize-os para conseguir manter um controle enquanto estiver no seu emprego atual.

 

6) Saia do trabalho no momento certo

Se você decidiu abrir o seu próprio negócio e se aventurar como um empreendedor, supõe-se que mais cedo ou mais tarde você sairá do seu emprego e se dedicará integralmente à sua empresa.

Porém, definir o momento certo de sair da sua empresa nem sempre é tão fácil. Segundo especialistas, existem dois casos para você deixar o seu emprego e se dedicar a sua empresa: quando você tiver confiança suficiente que esse seu negócio vai dar certo ou quando o faturamento líquido for suficiente para ser sua única fonte de renda.

Compartilhar: