7 dicas para fazer sua empresa familiar dar certo

7 dicas para fazer sua empresa familiar dar certo

Campeão em números no Brasil, os negócios familiares atingem cerca de 90% das 6 milhões de empresas em atividade no país. No entanto, apenas uma em cada três empresas familiares ultrapassa a terceira geração de seus fundadores, e destas, apenas 30% conseguem chegar na quarta geração.

Um dos grandes motivos para essa realidade é a dificuldade em separar assuntos familiares de trabalho. Além disso, muitos filhos não têm a mesma vocação que seus pais para levarem o negócio adiante.

Mas fique tranquilo, pois nem tudo está perdido. Se você está empenhado em fazer com que o negócio da sua família permaneça ativo por muitos anos, aproveite as dicas que preparamos para fazer o seu negócio familiar dar certo:

 

1) Parentes, parentes, negócios à parte

Apontado como um dos principais problemas, também é o primeiro item a ser cuidado. Conflitos familiares são comuns, mas o importante é fazer com que eles não cheguem na empresa. A separação da relação profissional da familiar é de suma importância, por isso, resolva as brigas familiares em casa e não se influencie por possíveis desavenças no ambiente de trabalho.

 

2) Não misture as finanças da empresa com as pessoais

Principal caminho para descontrole de gastos, por isso, misturar despesas pessoais com as da empresa deve ser evitado. Tenha pré-definido o pró-labore, que é a remuneração destinada aos sócios por seu trabalho na empresa, bem como os salários dos funcionários que fazem parte da família. Isso evita confusão e faz com que você tenha conhecimento de gastos com os salários todo mês.

 

3) Defina os cargos de cada integrante da família (por competência)

Os cargos devem ser oferecidos de acordo com a competência de cada familiar. Inserir um parente apenas por ser da família pode causar futuros danos para a sua empresa. Além disso, como citamos acima, não esqueça de definir os salários que cada um irá receber. Devem ser compatíveis com a vaga que ocupam, evitando conflitos por salários muito desparelhos ou altos para cada ocupação. Controle sempre os horários e não dê privilégios para quem é da família em relação aos funcionários contratados.

 

4) Paciência em primeiro lugar

Misturar vida familiar e profissional faz com que se lide com muitas opiniões e interesses opostos. Isso é algo difícil de conseguir administrar. Mantenha sempre a calma nos momentos em que as discussões passarem do profissional, procure sempre raciocinar antes de tomar as decisões para o seu negócio.

 

eBook Marketing Para MPEs

 

5) Mantenha a memória viva

Muito importante para que o negócio familiar perdure por anos é passar a essência para as próximas gerações, além dos valores que norteiam o negócio. Prepare os seus sucessores para comandar a empresa depois da sua saída.

 

6) Aprenda com os erros

Analise os problemas que mais dificultaram os negócios nas gerações anteriores e na sua, aprenda com eles e trabalhe para que não se repitam no futuro.

 

7) Planeje a longo prazo

Ter um planejamento a longo prazo pode ser o fator que vai fazer seus filhos conseguirem manter o negócio funcionando. Fique atento aos rumos que o mercado toma e a sua concorrência, busque inovação para o seu negócio.

Assim, você pode garantir o sucesso da empresa e fazer com que seus herdeiros queiram permanecer no negócio, enxergando que ele tem futuro.

Compartilhar: